Academia Petropolitana de Letras
Menu Dropdown - Linha de Código

 

Memória Acadêmica
ARTHUR DE SÁ EARP FILHO

Arthur de Sá Earp Filho nasceu a 13 de março de 1884, filho de Arthur de Sá Earp prestigioso e admirado médico e político, vindo da Bahia e de D. Ana Oliveira de Sá Earp.

Seguindo os passos do pai tornou-se médico clínico, com rara vocação e talento profissional, a par de seu extraordinário humanismo e dedicação plena aos pacientes. Casou-se com a filha do político Hermogênio Silva, figura de relevo na história fluminense e petropolitana. Seu notável filho, médico renomado como ele, Nelson de Sá Earp, em discurso na inauguração do busto do pai a 19 de janeiro de 1983, retratou com palavras emocionadas e belas o médico: "A medicina que ele abraçou foi sua vida, seu encanto, sua poesia, seu saber, sua escola, sua janela aberta para o infinito".

Poeta, jornalista diletante, deixou páginas românticas em prosa e em verso para a posteridade literária de Petrópolis. Participou da fundação da Associação Petropolitana de Ciências e Letras, a nossa Academia de hoje, na noite de 3 de agosto de 1922 e, a partir de 1934, foi titular da cadeira nº 25, com a subida honra de indicar seu pai Arthur de Sá Earp para patrono. Na década de 20 clinicava no sobrado da Farmácia e Drogaria Fluminense, na então Avenida 15 de novembro nº 1008, onde também mantinham consultórios os médicos Ernesto Tornaghi, Hugo Silva e Gabriel Bastos e o dentista Manoel Gonçalves.

Presidiu a Sociedade Médica de Petrópolis de 1926 a 1929. Após uma vida de sacerdócio médico, faleceu no ano de 1941, com apenas 57 anos de idade. Recebeu homenagem da cidade com seu nome dado ao largo onde mantinha sua residência e, no ano de 1983, abrindo as comemorações de seu centenário, foi-lhe erguido um busto na área dominante da praça.


Academia Petropolitana de Letras

© 2014 - Academia Petropolitana de Letras
Todos os direitos reservados