Academia Petropolitana de Letras
Menu Dropdown - Linha de Código

 

Memória Acadêmica
ARMANDO LIMA

Médico, nasceu Armando Lima no dia 5 de janeiro de 1903, em uma fazenda no Estado de Minas Gerais, filho do médico e fazendeiro Francisco Fernandes Lima e de D. Elvige Barroso Lima. Após uma infância livre e de muitos folguedos, seu pai matriculou-o em educandário do Rio de Janeiro, seguindo o jovem toda a carreira até findar o curso de medicina, no ano de 1918 e, em seguida, defender tese de doutorado, com aprovação no ano de 1919. Recebeu do pai, como prêmio de estímulo, uma viagem a Europa, permanecendo um ano em Paris onde aperfeiçoou seu conhecimento médico. Retornando ao Brasil, fixou residência e consultório em Petrópolis, aqui casando com Edith Lima, no ano de 1937. O casal não teve filhos mas o médico amava as crianças, especializando-se em pediatria e ginecologia. Aliando-se aos prestimosos cidadãos portugueses de Petrópolis, foi um dos fundadores e edificadores do Sanatório da Beneficência Portuguesa, inaugurado no ano de 1928, do qual foi diretor durante 18 anos. Igualmente foi um dos fundadores da Sociedade Médica de Petrópolis. Muito simples de gestos e atitudes, apreciava a música e a literatura, tornando-se acadêmico de nossa Entidade, ocupando a cadeira nº 33, patrono Oswaldo Cruz. Publicou a tese de doutorado mas seus poemas e muita prosa se perderam porque não divulgados pela imprensa e nem editados em livros. Faleceu a 28 de julho de 1967, aos 64 anos de idade, tranqüilo como foi sua vida, sem ruidosidade e muito registro, mas deixando uma clientela saudosa e uma infinidade de jovens atendidos em seus nascimentos pelo dedicado, carinhoso e belo profissional.


Academia Petropolitana de Letras

© 2014 - Academia Petropolitana de Letras
Todos os direitos reservados