Academia Petropolitana de Letras
Menu Dropdown - Linha de Código

 

Memória Acadêmica
YVONILDO DE SOUZA

Pernambucano, de Recife, nasceu a 6 de novembro de 1920. Advogado, jornalista e escritor exerceu várias atividades nas áreas da política, da iniciativa privada, do jornalismo e da advocacia. Exerceu cargos estaduais e municipais junto aos governos de Pernambuco, Amapá e Rio de Janeiro. Serviu ao Ministério da Agricultura, ao Instituto Nacional do Mate, à Prefeitura Municipal de Recife, à Sociedade Nacional de Agricultura e a outros órgãos públicos e privados. Atuava nas assessorias jurídicas, de relações públicas e de turismo. Como jornalista, trabalhou em “O Globo”, “Jornal de Letras”, revista “Brasil Econômico”, “Última Hora” de São Paulo, “A Nação”, “Folha de São Paulo”, “Jornal do Comércio” de Pernambuco, e outros, ora como editorialista, articulista, editor especializado, redator, copy-desk, etc. Estudioso da etnia negra, editou os livros “Grande Negros do Brasil”, “Reais Dimensões do Negro Brasileiro”, “Posição do Negro no Direito Brasileiro”, “Influência Negra na Música Brasileira” e outros. Veio residir em Petrópolis, estabelecendo proveitoso contato cultural com entidades do gênero, sendo indicado para ocupar uma cadeira em nossa Academia, a de nº 20, patrono Vicente de Carvalho. Elrito a 10 de fevereiro de 1996, infelizmente faleceu em abril quando preparava sua posse festiva. Não chegando a ser empossado tecnicamente não pertenceu ao quadro efetivo, mas fica esse registro de sua vida como justa homenagem a quem honraria o sodalício com presença e grande participação efetiva, certamente. Deixou viúva a senhora Sila Maria de Souza, domiciliada em Petrópolis.


Academia Petropolitana de Letras

© 2014 - Academia Petropolitana de Letras
Todos os direitos reservados